Realidade

10:14

Reprodução
Quem sabe após todos esses anos mentindo, minhas mentiras se tornam reais. Quem sabe o “Eu estou bem” se torne real. Quem sabe o “Eu não me importo”, realmente não seja importante. Quem sabe o “Eu sei viver sozinha”, me dê paz na solidão. Quem sabe o “Eu sou feliz desse jeito”, não me faça subir diariamente na balança e não sair aos prantos das lojas.
Quem sabe o “Eu não acredito em amor”, se torne uma verdade. Porque quando isso ocorrer vai parar de doer, vai parar de arder, vai deixar de marejar, mas também, não surgirá mais palavras, não terá novos textos, não haverá ilusões e nem risos esperançosos.
Tudo o que existirá é uma vida monótona, meias conversas, meios sorrisos, meias pessoas e meias vidas. E pensando bem, não sei viver de meios.
Isso me dá um pontinho de esperança, isso me faz ver que irei me apaixonar de novo, me desiludir de novo, chorar de novo e escrever de novo. Repeat!
Quem sabe um dia esse ciclo se quebra, a desilusão não me atinja e a realidade se torne flor, amor e cor!

Escrito em: 01 de fevereiro de 2016

You Might Also Like

0 comentários

Hey, me conta o que achou! ♥

Wattpad

Citação:

"O amor não é uma brincadeira! Não é a suavidade das flores! É trabalho pesado, uma busca que nunca termina. Exige tudo de você, especialmente a verdade. Somente então lhe concede recompensas."

- A Casa de Hades.

Blog Archive