O Oceano no Fim do Caminho, de Neil Gaiman

10:41


 "As memórias de infância às vezes são encobertas e obscurecidas pelo o que vem depois, como brinquedos antigos esquecidos no fundo do armário abarrotado de um adulto, mas nunca se perdem por completo." (pág. 14)


Livro: O Oceano no Fim do Caminho
Escritor: Neil Gaiman
Páginas: 208
Gênero: Fantasia/ Young Adult
Editora: Intrínseca

O livro começa com o protagonista e narrador da história, voltando de um funeral e para tentar espairecer a mente ele retorna na antiga casa onde viveu quando criança. Lá chegando, ele continua seguindo em frente para um lugar que ele já conhecia, a fazenda Hempstock, lugar onde sua melhor amiga, Lettie Hempstock, vivia com mãe e a avó.
Após ser recebido pela mãe da amiga e informado que Lettie não está, ele segue para os fundos da casa, onde há um lago de patos, lago que, por algum motivo que parece não lembrar, ele insiste em crer que é um Oceano. Ao se sentar no banco que fica de frente ao lago, nosso protagonista começa a refletir e a relembrar das aventuras vividas quando criança.
Ele começa pela lembrança de seu aniversário de sete anos, ao qual ninguém foi, ele era um garoto sozinho e que tinha por companhia os livros. As coisas começam a ir mal quando sua família, por conta de dificuldades financeiras, decidi alugar o quarto que era dele. Várias pessoas passaram pelo quarto, até o minerador de opala, que um dia acaba pegando o carro de sua família e cometendo suicídio. Foi ali que nosso protagonista encontrou abrigo na fazenda Hempstock e fez uma amizade verdadeira com Lettie.
Coisas estranhas passam a ocorrer após o suicídio do minerador de opala, suicídio o qual atraiu um ser maligno que se chama Ursula Monkton, esta foi contrata para cuidar do garotinho e de sua irmãzinha, quando sua mãe arruma um emprego. Este ser põe em risco a vida tanto do garoto, quanto a de sua família, o que leva ele e a Lettie a travarem uma luta constante para tentar escapar das garras deste ser. Vencê-la é algo que por vezes parece impossível, já que todos estão encantados pela bela governanta, principalmente o pai do garoto.

Reprodução
"Fui para outro lugar em minha cabeça, para dentro de um livro. Era para onde eu ia sempre que a vida real ficava muito difícil ou muito inflexível." (pág. 72) 
A história toda foi contada pela visão do autor, a visão de uma criança de sete anos, o que faz com que a história esteja recheada de mistério e magia. Como é de se esperar, por ser contada na visão de uma criança, a linha entre a realidade e a fantasia se torna bem tênue, o que não nos permite dizer com precisão onde uma começa e a outra termina.
Ao longo da história nos tornamos mais próximos do protagonista, e passamos a entender de onde surgem os seus medos e como suas fantasias são construídas, numa tentativa talvez de fugir da dura realidade que é a vida adulta (vida de seus pais). Esta é uma história carregada de amizade e lealdade, não tem como não se apaixonar pelo garotinho e pela Lettie!
"Ele é do tamanho que precisa ser." (pág. 130)
Esse foi o primeiro livro que li do Neil Gaiman, o autor utiliza de uma escrita fácil de ser lida, nos proporcionando uma leitura legal e que não exige esforço. Ele consegue nos trasportar muito habilmente para dentro das páginas de seu livro, você simplesmente não consegue largar do livro e se sente parte da história. Já estou doida para conhecer mais trabalhos do autor!
Este é sem dúvidas um dos meus livros favoritos e super recomendo a leitura, ele te fará ver o mundo por outros olhos, os olhos da imaginação, olhos que não possuem limites!
Se você já leu esse livro, comenta aqui em baixo o que achou dele! E se você leu outros livros do Neil Gaiman, que acredita que eu vou gostar, indica aqui em baixo.
"Vou dizer uma coisa importante pra você. Os adultos também não se parecem com adultos por dentro. Por fora, são grandes e desatenciosos e sempre sabem o que estão fazendo. Por dentro, eles se parecem com o que sempre foram. Com o que eram quando tinham a sua idade. A verdade é que não existem adultos. Nenhum, no mundo inteirinho." (pág. 130) 

You Might Also Like

0 comentários

Hey, me conta o que achou! ♥

Wattpad

Citação:

"O amor não é uma brincadeira! Não é a suavidade das flores! É trabalho pesado, uma busca que nunca termina. Exige tudo de você, especialmente a verdade. Somente então lhe concede recompensas."

- A Casa de Hades.

Blog Archive